26 de setembro de 2011

Torta de Chocolate

Definitivamente não tenho grande jeito para enrolar tortas, as tentativas já foram muitas e sempre sem sucesso :) a que vos trago hoje é das melhores tortas que consegui fazer, embora um bocado rachadinha, não se pode colocar só coisas bonitinhas também tenho desastres na cozinha, e muitos... :)


Ingredientes:

250 gr de açúcar (só usei 180g)
6 ovos
100 gr de farinha
1 colher (chá) de fermento

Ingredientes para a recheio:

2 ovos
120gr açúcar (coloquei 90g)
120 gr manteiga
120 gr chocolate

Preparação:

No copo da Bimby, com a borboleta colocada nas lâminas, colocam-se os ovos inteiros com o açucar e programam-se 5 minutos, temp. 37º, vel. 3.
Programam-se depois mais 5 minutos, na mesma velocidade, mas sem temperatura.
Tira-se a borboleta, junta-se a farinha e o fermento e bate-se alguns segundos, na vel. 5.
Coloca-se a massa num tabuleiro quadrado, bem untado e polvilhado de farinha.
Entretanto prepara-se o recheio, coloque todos os ingredientes no copo excepto o chocolate e programe 5m. Temp.70º Vel.4.
Quando terminar deite o chocolate, espere que amacie e bata 10 seg.Vel. 3. Deixe arrefecer.Quando estiver cozida (não pode cozer muito para não partir ao enrolar), desenforma-se em cima de um pano de cozinha polvilhado com açúcar, recheia-se com creme de chocolate e enrola-se.

Fonte: Templo dos sabores e Livro Base Bimby

24 comentários:

  1. Se essa torta é um desatre só por estar rachadinha vou ali já venho hehehe. Está linda e tomara eu conseguir que as minhas fiquem assim, eu sim sou o desastre das tortas e...molotofs hihihihi,

    beijinhos e tem uma semana fantástica!!

    ResponderEliminar
  2. A tua está bem bonita, se mostra-se as minhas até te rias (sai sempre mal :)
    bjs

    ResponderEliminar
  3. Olha Moni, eu sou um desastre a enrolar tortas! :)

    A tua ficou um miminho...Já comia hehe. Beijocas*

    ResponderEliminar
  4. Está linda a tua torta!
    Deve ser deliciosa.
    Beijinhos

    ResponderEliminar
  5. Está linda, nem se vêm as rachadinhas. Aposto que quem comeu não se queixou.

    ResponderEliminar
  6. Não ficou nada mal pelo contrario, ficou muito bonita, mas se quiseres eu ajudo-te a dar cabo dela...ai a minha dieta!!!

    Bjs.

    ResponderEliminar
  7. Não me parece nada um desastre. Ficou bem linda e imagino deliciosa.
    Um beijinho.

    ResponderEliminar
  8. Ficou bem bonita....
    O importante é o coração... a embalagem não significa nada...
    Obrigado por partilhares e nos mostrares que os desastres podem muito bem salvar o dia...
    Beijinhos e boa semana...

    ResponderEliminar
  9. :) Eh eh eh eu com as tortas também sou um desastre ! Mas olha que a tua está com um ar bem apetitoso, aliás ... já ia uma fatia :D

    Beijinho doce e tem uma excelente semana !
    Cris
    (http://salpicos.blogspot.com)

    ResponderEliminar
  10. Deixa lá, eu até hoje também não consegui enrolar uma torta em condições, no entanto parece-me que o problema desta que tú fizeste pode ser o facto de parecer demasiado espessa, se voltares a tentar e puseres menos quantidade parece-me que é capaz de sair perfeita. No entanto esta está com óptimo aspecto e deve ser uma delicia.

    Beijos.

    ResponderEliminar
  11. Bem, cá por mim está muito bem, e quero 1 fatia para o meu lanche....
    Por acaso enrolo sem grandes dificuldades as minhas...
    beijinho

    ResponderEliminar
  12. Eu não tenho jeito para finalizações, nunca fiz um rocambole pois acho que não vou dar conta de enrolar. Mas o seu ficou muito bonito sim!
    Beijinhos

    ResponderEliminar
  13. Moni,
    Se isso é um desastre, vou ali já venho.
    Tem bom aspecto...
    Envia uma fatia para o chá das 5. lol.
    bj

    ResponderEliminar
  14. o mais importante é o sabor! e o aspeto tambem está muito bom :)
    um beijinho

    ResponderEliminar
  15. Moni minha filhota portuguesinha, primeiramente quero lhe dizer que fiquei sabendo lá no blog da Mariana que vc passou uma tarde com ela, Ora, mas fiquei muito feliz, com a sorte que ambas tiveram, pois gosto muito das duas. Disse para a Mariana, que pena que não tiraram fotos juntas,pra gente ver né?? Fica para uma proxima vez. Agora me diga uma coisa, esse rocambole esta rachadinho onde?? Se isso é um desastre pode mandar prá cá que eu resolvo esse desastre rapido, rapido hehe. Ficou linda e fofa. Bjos ótima semana

    ResponderEliminar
  16. Oi Moni,
    Eu também tenho a mesma dificuldade em enrolar os rocamboles.Mas o seu está bem bonito.
    Bj e boa semana,
    Lylia

    ResponderEliminar
  17. As tortas por vezes teimam em não endireitar. :)
    Bem ou mal enroladinha, ficou com bom aspecto...uma gulodice :)

    ResponderEliminar
  18. Olá,

    Eu também tenho esse problema ás vezes, eheheh, ficou linda a tua torta, bjs

    ResponderEliminar
  19. Fiquei com um ataque de gula!!

    beijinhos

    ResponderEliminar
  20. Eu acho que está perfeita. Essa é a receita que faço sempre e fica tão fofinha que nunca dura muito, a Bia não deixa.
    Um beijinho

    ResponderEliminar
  21. Olá, Moni!Eu acho que a tua torta está linda! Eu poderia dizer que o problema das tortas é a prática, mas comigo já aconteceu de tudo:algumas saíram perfeitas, outras mais ou menos, uma vez uma transformou-se em migalhas...acho que são os ossos do ofício de uma cozinheira em part-time...
    Não deixes de fazer as tortas!
    Beijinhos

    ResponderEliminar
  22. Pois tem aspecto de que desapareceu em 3 tempos! :)
    Uma dica: pela aparência, usaste um tabuleiro pequeno para a quantidade de massa, pelo que ficou muito alta e isso dificulta depois a enrolar. Experimenta um tabuleiro maior, para a massa ficar mais fina, mas cuidado que tb cozerá mais depressa. se cozer demais, depois parte-se a enrolar.
    E o segredo fundamental: não ter medo! É tirar do forno, virar sobre um pano/papel vegetal e enrolar. E seja o que for que saia, com certeza que não sobra! :))
    Bjs

    ResponderEliminar
  23. ficou muito bonita a tua torta...bjs

    ResponderEliminar

Obrigado pela visita, as vossas opiniões e sugestões são muito importantes para mim.

Beijinhos